Everson Barbosa

Um jovem com propósitos

Power of pray

with 2 comments

 Desconfie: alguém orou por você

Ando desconfiado. Alguém, de quem não faço a menor idéia, tem orado por mim. E, pasme, também por você. Claro, outro alguém. Faz tempo.

É surpreendente, embora óbvio, o que descobrimos quando esperamos ou recebemos de Deus um agrado. Algo precisa (ou precisaria) ser feito. Apelo a C. S. Lewis: “Na maioria das nossas orações, pedimos por um milagre ou por acontecimentos cuja base deveria ter sido lançada antes de termos nascido”. Por isso, minha desconfiança.

A oração parece uma “completa loucura“, diria o autor de Práticas Devocionais. E mais: “Outra coisa estranha é que o propósito da oração não é tornar Deus ciente da nossa dor e da nossa necessidade. A oração é o instrumento pelo qual confessamos duas coisas ao mesmo tempo: a estreiteza de nossos recursos e a extrema largueza dos recursos do poder e do amor de Deus”.

Leio mais uma vez a conhecida oração “bumerangue” de Jó. Isso mesmo. Ele orou pelos amigos e a sua vida mudou (Jó 42.10). E, de quebra, a dos amigos. Na verdade, Deus não aceitaria a oração dos primeiros interessados, mas a do amigo deles. E, por isso, cresce a minha desconfiança de que alguém ora por mim. Talvez um amigo, como o amigo de Elifaz, Bildade e Zofar. Quem sabe, meu avô, minha mãe, meu filho. Não sei…

O pior (ou melhor) é que precisamos confessar, como Paulo: “Não sabemos orar” (Rm 8.26). Mas, enquanto aprendemos, volto a C. S. Lewis: “Para Deus (ainda que não para mim), tanto eu quanto a oração que fiz em 1945 estavam tão presentes na hora da criação do mundo quanto estão agora e estarão daqui a um milhão de anos. O ato criativo de Deus é eterno e eternamente adaptado aos elementos “livres” dentro dele; mas nós nos conscientizamos dessa adaptação de forma seqüencial pela oração e sua resposta”.

Embora atordoado, assim como o poeta, “eu permaneço atento”. Mas dou graças a Deus.

Fonte: Ultimato

Falando nisso, já encomendei “Oração, ela faz alguma diferença?” o novo livro do Philip Yancey. Compre aqui.

Anúncios

Written by eversonbarbosa

agosto 16, 2007 às 3:36 pm

2 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Irmão, que texto interessante!
    Se você autorizar, gostaria e copiar e colar no blog da nossa igreja.

    http://www.ipmcurado4.com
    Parabéns!

    Pr. Daniel

    agosto 16, 2007 at 6:39 pm

  2. eae brow…

    cara, sempre acompanho teu blog tmb.. e o quadrangulante tmb desde o tepo do zip net.

    sou da quadranga tmb…

    vi que vc tem linkado meu antigo blog, o thiagodesign.blogger.com

    linka o sabadoanoite ae!!!

    abraços
    um abraço cara!

    http://www.sabadoanoite.wordpress.com

    thiagoc

    agosto 16, 2007 at 8:44 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: